MISSÃO

Construir e difundir ações e reflexões direcionadas à sociedade, com base na cultura, nas manifestações e nas expressões de Matriz Africana para o desenvolvimento de experiências e metodologias voltadas à promoção da igualdade e da tolerância. Ao adotar como valores a cooperação, determinação, criatividade, inovação e confiança.

VISÃO

Imprimir um legado social de preservação e promoção do patrimônio ético e simbólico, bem como dos saberes e fazeres, que compõem a nossa herança africana.

VALORES

Cooperação
Determinação
Criatividade
Inovação
Confiança

O “Instituto Onikoja” é uma Instituição, sem fins lucrativos que “nasceu” comprometido com a promoção da cultura e do diálogo social; com o apoio e fomento ao diálogo inter religioso e com a preservação do patrimônio ético e simbólico de Matriz Africana.

O então Projeto foi gestado em um solo sagrado, no espaço de uma comunidade-terreiro – o Humpame Kuban Bewa Lemin, iniciando suas ações sócio culturais em conjunto com a casa religiosa no ano de 2000 e, ao longo desses 18 anos, vem pautando tais ações no acolhimento de todas e todos, indistintamente, em todas as suas diferenças e para todos os credos, estabelecendo espaços de cooperação.

Nesse sentido buscou-se a convivência com base no trabalho comum, compartilhado, baseado na valorização das capacidades individuais em prol de objetivos coletivos.

Inscrito no COMDEPI/ RJ – Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa do Município do Rio de Janeiro, sob registro número 68.

As ações sócio culturais hoje desenvolvidas pelo Instituto Onikoja levaram à Comunidade Terreiro (sua então Instituição Mantenedora) a ser selecionada (por edital no ano de 2014) como Ponto de Cultura do Estado do RJ.

 

O reconhecimento da excelência das mesmas ações foi responsável pela conquista dos seguintes Prêmios:

2015 – 1º Prêmio Afro Fluminense de Cultura do Estado do Rio de Janeiro

2017 – Prêmio Arte Escola Territórios Sociais do Secretaria Municipal de Cultura

2016 – Prêmio Culturas Populares do Ministério da Cultura

 

2019 – Diploma Heloneida Studart de Cultura